quinta-feira, 27 de março de 2008

Livro "Quem manda na família hoje". (Introdução)

O plano original de Deus e as degradações da família através
do tempo são as grandes propostas desta obra, com o objetivo
de informar e ajudar pais que não sabem mais o que fazer com
seus filhos. O autor desenvolve caminhos práticos para mudança
efetiva.
A passagem de autoridade: no início era o homem, Deus
havia dado para o homem autoridade sobre a terra, mas ele entregou
a autoridade para o seu rival; Deus deu o governo sobre a
sua mulher e o homem perdeu o governo, deixando a mulher
assumir sua posição. Essa autoridade foi deturpada e abusada pela
nossa sociedade, hoje, os filhos mandam, diante da evolução da
pós-modernidade os filhos adquiriram uma liberdade nunca antes
vivida. Começa a ser desenvolvida, em nosso tempo, a autoridade
dos filhos, essa é a verdadeira marca de nosso tempo. Filhos
matando, roubando, xingando, mandando e desvalorizando seus
pais, e os pais não têm autoridade sobre seus filhos. Muitos casamentos
estão chegando ao fim por causa dos filhos, os cônjuges
têm preterido um ao outro por causa dos filhos. Os cônjuges
esquecem que começaram juntos e vão terminar juntos.
Não há nenhum estudo que prove ser o divórcio a melhor
saída. Em todos os divórcios os envolvidos sofrem, causando
dano até nas gerações futuras. O divórcio é uma proposta negati-
Introdução
va e que ultrapassa os limites da vida.
A perda dos limites é uma das conseqüências vividas em
nosso século, as novas gerações estão perdendo seus valores e
seus limites. Quando uma geração falha é por causa da geração
anterior. Onde estão os referenciais? Onde está a personalidade
de nossos jovens? O que os pais estão fazendo?
A falta de estrutura familiar tem levado à desestrutura da
sociedade.
Fiz uma pesquisa com 20 (vinte) homens cristãos, a pergunta
era: Quantos tiveram problemas de relacionamento com a
pessoa do pai?(figura masculina). A resposta foi: 18 desses homens
tiveram problemas com seu pai na infância e 2 tiveram um
bom relacionamento com seu pai. A idade deles era de 32 a 45
anos.
Creio que essa geração teve problemas e reproduziu o que
aprendeu para a nova geração. Temos colhido o que foi plantado
e as conseqüências estão muito vivas em nosso século pós-moderno.
O grande propósito desta obra é o retorno ao plano de
Deus e de maneira contextualizada. Agora temos que consertar o
que já está errado e a teologia, a psicologia, a filosofia e outras
disciplinas estão tentando arrumar um jeito para assumir essa realidade
como algo comum e normal.
Nosso mundo tem caminhado para defender o errado e
desprezar valores verdadeiros, o certo passou a ser errado e o
errado passou a ser certo. Um grande exemplo disso é a questão
da virgindade, onde é vergonhoso ser virgem, logo estão arrumando
meios para dizer que isso é religiosidade, ortodoxia, o
negócio é transar com consciência.
Esses são alguns dos problemas que temos vivido sem saber
o que fazer. Outra tendência é a SNL (Síndrome do ninho
lotado), mais um problema para nossa sociedade.
Que esta obra possa acrescentar valores e mudanças para
ajudar essa geração e as que virão.

3 comentários:

Luma disse...

Graça e Paz, Fala De um Homem de Deus é muito facil.
é bem nitido perceber o fogo que arde dentro do coração do Bispo Luis Henrique o amor pela Familia lembrandro que o projeto numero 1 de Deus é a Familia.
e que Deus possa acender cada vez mais esse fogo Bispo que esse amor pelas familias possa esta sempre dentro de você. que através desse ministerio muitas familias possam ser estabelecida.
que através deste ministerio Deus possa continua restituindo muitas familia Em nome De JESUS.


O MELHOR DE DEUS AINDA ESTAR POR VIM PARA VOCÊ E SUA FAMILIA LINDA !!!

Pr. Davi Morgado
davimorgado@davimorgado.com

www.davimorgado.com

Marcos disse...

Shalom, achei seu blog muito bom, com um conteúdo muito abençoado e edificante, que Deus continue te abençoando e te usando sempre..
Vamos nessa caminhada...

Danças disse...

É o q falar do meu papazito???
Homem de Deus
Especial (mtooo pra mim)
Amoroso
O CARA...

bjOsss papazito...

By: Leek